Oktoberfest Logo
Sabores da Oktoberfest: saiba como combinar diferentes tipos de chope com pratos típicos
Compartilhar:
22/out

Sabores da Oktoberfest: saiba como combinar diferentes tipos de chope com pratos típicos

Quem vem para a Oktoberfest procurando uma experiência gastronômica tipicamente alemã, encontra muitas opções tanto de pratos típicos, como de chope. Para que a experiência seja ainda mais saborosa, vale conferir as dicas de quem entende do assunto.

O beer sommelier Alisson Cavalcante de Medeiros explica como fazer para harmonizar os pratos e as bebidas e sugere algumas combinações. “A harmonização consiste em entender quais são os ingredientes do prato e as características do chope para chegar a uma união que realce o sabor de ambas. Um prato mais gorduroso, mais pesado, pede uma cerveja mais potente, por exemplo”.

Segundo Alisson, que é professor da Escola Superior de Cerveja e Malte, a harmonização de chope ou cerveja segue alguns critérios, que são o equilíbrio, a semelhança, o contraste, o corte, a complementação e o hábito cultural. Um exemplo de harmonização com base no critério do equilíbrio é saborear um eisbein acompanhado de uma Bock, ou uma Doppelbock. “O joelho de porco é um prato bastante gorduroso, temperado, com bastante carne. Então uma cerveja como a Bock, que é mais caramelada, combina bem com o sabor da carne à pururuca. Além disso, o teor alcoólico, assim como o teor de lúpulo e a acidez, limpa o palato para a próxima garfada, fazendo que se saboreie melhor o prato”, explica.

No critério da semelhança, prato e bebida seguem o mesmo perfil. Um prato mais adocicado, por exemplo, pode combinar com uma cerveja também mais doce. Já a harmonização por contraste sugere a combinação de sabores opostos, para realçar o paladar. “Um bom exemplo de contraste é saborear um kassler, que é uma bisteca defumada, mais salgada, com uma Weizenbock. Ou ainda, pode-se combinar esse prato com uma Rausch Doppelbock, que tem tanto o contraste quanto a semelhança, pois é uma cerveja de malte defumado”, completa o beer sommelier.

Um bom exemplo de harmonização cultural é a Pilsen, que no Brasil é consumida com feijoada. “É um prato pesado, gorduroso, e a Pilsen é uma cerveja leve, teoricamente não combinaria. Mas é um hábito cultural nosso”, explica Medeiros. “A Pilsen é a cerveja mais consumida na Oktoberfest Blumenau. Uma boa pedida é saboreá-la com uma bratwurst no pão”, acrescenta.

Para pratos como spätzel e batata, a escolha do chope depende do recheio. Para os fãs do tradicional spätzel com lingüiça Blumenau, o chope Oktoberfest é uma boa pedida. “Quem preferir uma batata recheada com marreco, que é um prato tipicamente alemão, pode harmonizar com uma Germann Altbier, que tem potencial alcóolico médio, e a caramelização dela vai se afinizar com o molho do marreco, resultando numa harmonização por complementação, que é quando dois ingredientes resultam num terceiro sabor ainda mais supreendente”, sugere Alisson.

Outro bom exemplo de complementação de sabores é combinar chope com prato doce. Um apfelstrudel pode supreender se tomado com uma Munich Dunkel, segundo o beer sommelier. “É uma cerveja mais escura, feita com malte torrado, cujos tons lembram os do café. Essa combinação não tem erro. Gera um efeito surpresa no paladar que vale à pena”, completa.

Os pratos típicos podem ser encontrados tanto na praça de alimentação, quanto nas casas gastronômicas espalhadas em outros pontos do Parque Vila Germânica. Além dos chopes da Spaten, a patrocinadora oficial da 38ª Oktoberfest, a festa conta com dez cervejarias artesanais, que oferecem um variado cardápio de chopes, do pilsen, aos especiais e superespeciais.

Oktoberfest Blumenau

A festa ocorre de 4 a 29 de outubro e os ingressos já podem ser adquiridos pelo site oficial do evento. A Oktoberfest é uma promoção da Prefeitura de Blumenau, por meio do Parque Vila Germânica, e tem a Spaten como cerveja oficial. Conta com os patrocínios de Unifique, Bradesco, Elo, Nacional Gás, Tintas Coral, Veolia, Hering, Intelbras, Pixbet, Fort Atacadista, Koerich, Havan, Bem Brasil, Ventisol, Hemmer, Stuttgart Porsche, Fritz e Frida Alimentos, Mercado Pago, Unilever Brasil, Karsten, Tirol, Segala’s Alimentos, Studio Z, Posto Mime, Brimex, Ipel e Secretaria de Estado do Turismo de Santa Catarina. Tem ainda o apoio de CVC, Perto Digital, Imply, Eleven 360, Governo de Santa Catarina e Fundação Catarinense de Cultura através do Programa de Incentivo à Cultura – PIC.

Tags

gastronomia Chope oktoberfest Blumenau
Compartilhar: